Aneel quita empréstimo, e conta de luz ficará cerca de 3,7% mais barata

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (20) pelo diretor da agência.

0
Foto: Gazeta 5
Publicidade

Publicidade

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou, nesta quarta-feira (20), que as contas de energia ficarão mais baratas em 2019.

A redução será em média de 3,7% e se deve ao pagamento de um empréstimo de R$ 34 bilhões feito em 2014 para ajudar as distribuidoras de energia.

À época, o país enfrentou falta de chuva, e o acionamento de usinas térmicas provocou mais gastos, uma vez que a energia gerada por elas – por meio da queima de combustíveis como óleo e gás natural – é mais cara. 

De acordo com Aneel, desde aquele ano, os brasileiros pagam um valor a mais na conta por conta dessa dívida. A previsão era de que o empréstimo fosse quitado apenas em 2020, mas um acordo com bancos antecipou o pagamento.