Campanha busca ajuda para criança de Ibotirama com doença rara no olhos

Se o tratamento não for feito o mais rápido possível, o garoto poderá perder a visão.

0
Caso não seja logo tratado, o bebê corre o risco de perder a visão. (Foto: Arquivo Pessoal)
Publicidade

A família de um bebê de três meses luta contra o tempo para evitar que ele perca a visão. Morador de Ibotirama, na região Oeste, Guilherme Pereira foi diagnosticado com um glaucoma congênito raro, que se não for tratado pode se tornar irreversível.

O bebê foi examinado por vários especialistas na Bahia, mas eles indicaram um centro especializado de Goiânia para a realização do tratamento. Sem condições de assumir os gastos, os familiares iniciaram uma campanha para arrecadar fundos.

Quem quiser ajudar, basta depositar qualquer  valor em uma conta disponibilizada por eles. O dinheiro arrecadado servirá para auxiliar nas despesas gerais, nos exames  e  nos custos de uma possível cirurgia.

*As doações deverão ser feitas na Caixa Econômica, operação 013,  agência 3508, conta poupança 5315-7, no nome de Daiane dos Santos Lopes.