Com decisão da ALBA, uso de máscara passa a ser obrigatório em Ibotirama durante pandemia

Cidade tem decreto de calamidade pública reconhecido pela Assembleia; medida atingirá 385 municípios.

0
Sessão virtual da ALBA, nesta terça-feira (28). (Foto: Reprodução)
Publicidade

A partir dos próximos dias, quem precisar sair às ruas de Ibotirama deverá usar máscara de proteção. A decisão é da Assembleia Legislativa da Bahia, que aprovou por unanimidade a utilização do EPI em cidades onde o estado de calamidade pública está reconhecido pela ALBA.

Elaborado pelos deputados Fabrício Falcão (PC do B) e Ivana Bastos (PSD), o projeto de lei nº 23.848/2020 é direcionado a 385 municípios da Bahia.

Para o presidente do Legislativo, deputado Nelson Leal, a matéria uniformiza a obrigatoriedade em quase todo o território baiano, não sendo necessária a edição de leis municipais sobre o tema.

Ainda na sessão, os deputados concordaram que a utilização das máscaras reduz drasticamente o índice de transmissão da doença, fato comprovado em todo o mundo. O projeto de lei deverá ser sancionado pelo governador nos próximos dias.