Com paralisia cerebral, barreirense é exemplo de superação através do esporte

O barreirense Samuel Bortolin é protagonista de uma das mais emocionantes histórias de superação já vistas. Mesmo com três membros comprometidos por conta de uma paralisia cerebral, ele venceu vários obstáculos e hoje serve de exemplo para muita gente.

A doença foi descoberta aos seis meses de idade, quando a mãe notou que o filho não tinha o mesmo desenvolvimento de crianças da mesma faixa etária dele. Ela procurou médicos para entender o problema e descobriu que, segundo eles, o quadro era irreversível.

Inconformados com o diagnóstico, Dona Ariane e Seu José, pais do Samuel, passaram a estudar o problema e buscaram alternativas para que o filho andasse. Com um lençol, eles chegaram a arrastar o menino pela casa na tentativa de ensiná-lo a engatinhar.

Contrariando as opiniões médicas, aos sete anos, Samuel começou a dar os primeiros passos. Desde então, mesmo passando por momentos difíceis e até desistindo do tratamento algumas vezes, a criança que não conseguiria caminhar driblou algumas dificuldades e virou atleta.

Samuel já participou de várias competições e conseguiu resultados positivos  em cada uma delas. Aos 28 anos, no seu grau de deficiência, ele se tornou a primeira pessoa do mundo a completar uma prova de  Triathlon. Hoje, através de palestras motivacionais, ele estimula diversas pessoas a vencerem os seus limites.

Foto: Reprodução/Facebook

Nota: Além de ser formado em Direito e Educação Física, Samuel Bortolin  é palestrante motivacional. No próximo dia 05/12, ele estará no Espaço Fortiori, em Barreiras, a partir das 19:30 hs, com a palestra “Senhor do Próprio Destino”.

 

  • Compartilhe:

O Gazeta 5 é um dos principais veículos de jornalismo digital da região Oeste. O site cobre os vários acontecimentos nas áreas de esporte, trânsito, segurança, política, concursos públicos e entretenimento.
Categorias
Fale conosco
Siga-nos