Do sarcasmo ao sucesso: a história dos meninos do “Ram”

Wellington e Olézio ficaram famosos após terem vídeos compartilhados na internet.

0
A dupla durante a gravação de um videoclipe. (Foto: Reprodução)

Talvez a história do “Ram” já tenha, de alguma forma, chegado a você. Pois bem! O bordão é utilizado por dois irmãos gêmeos, de Rondônia, que ficaram famosos após terem vídeos compartilhados na internet como forma de memes.

Magros, de aparência cômica e moradores da roça, onde trabalhavam até pouco tempo, os irmãos Wellington e Olézio viram a vida mudar da noite para o dia.

Os dois, que são fãs de um grupo chamado “Forró Boys”, começaram a filmar eles próprios cantando as músicas dos ídolos. A admiração era tanta, que eles, além de utilizarem os mesmos bordões do grupo famoso, batizaram a dupla de “Forró Nóis”.

Bastou o primeiro vídeo cair na rede para a internet não perdoar. Em grupos de WhatsApp, Facebook e no Instagram, por exemplo, milhares de pessoas começaram a se divertir com as performances, e o resultado foi viral.

O fato é que, apesar das brincadeiras, o Forró Nóis foi visto de maneira diferente por um grupo de empresários. Um escritório aproveitou o “bum”, abraçou a causa e projetou os meninos do Ram ao cenário nacional.

A dupla durante gravações. (Foto: Reprodução)

Por conta da semelhança do nome antes utilizado com o da banda Forró Boys, entre outras mudanças, Wellington e Olézio passaram a se chamar “Garotos Bon’d Xote”.

A dupla já gravou profissionalmente e recebeu participações famosas nos videoclipes lançados. Tanto sucesso rendeu milhões de visualizações nas principais plataformas digitais.

O mais interessante da saga é que as pessoas deixaram de lado os questionamentos quanto às qualidades musicais dos irmãos e passaram a apoiar a causa, por conta da simplicidade e da história dos rondonienses.

Em pouco tempo, o que era pra ser simplesmente sarcasmo, transformou-se numa história de sucesso. 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here