Dono de carro de som anuncia a própria morte em cidade do interior de SP

0

Conhecido no ramo da divulgação de notas fúnebres, o dono de um carro de som anunciou a própria morte, em Mirandópolis, no interior de São Paulo, no último sábado (2).

João Geraldo Roveri, de 65 anos, deixou a gravação pronta em 2015, ano em que descobriu um problema cardíaco. Na ocasião, ele enviou aos amigos e pediu, como último desejo, que o áudio fosse divulgado oportunamente.

“Atenção, comunicamos nota de falecimento. Faleceu, nesta cidade, esse que vos fala. Aguardo a sua presença no velório municipal para os nossos últimos contatos. Favor, levar drinques e quitutes. E, atenção, caso não possa ir, venho lhe buscar”, diz o falecido.