Estudantes de Luís Eduardo Magalhães cobram agilização em negociações de prefeitura e professores

Os docentes estão em greve desde o dia 2 de abril.

0
Foto: Reprodução/TV Oeste
Publicidade

Estudantes da rede municipal de ensino de Luís Eduardo Magalhães, no extremo oeste, protestaram por conta da greve de professores no município. Os alunos cobraram agilização da prefeitura em negociar com os professores e o retorno das aulas. Segundo a TV Oeste, os estudantes foram até uma praça da cidade chamar à atenção para o problema. Eles se vestiram de preto e usaram faixas e cartazes para cobrar agilidade entre prefeitura e professores. Depois, os estudantes se reuniram com representantes da secretaria de educação.

Os professores estão em greve desde o dia 2 de abril. A categoria pede reajuste salarial; redução de 10 minutos na hora aula, que atualmente é de 60 minutos; melhoria na estrutura física das escolas; aumento da quantidade de funcionários para a limpeza; conserto de aparelhos de ar-condicionado, que estão quebrados; e segurança. À emissora, o secretário de Administração e Finanças, Ricardo Knupp, disse que a prefeitura tem feito investimentos em segurança e novas escolas, mas não tem como reduzir a hora aulas dos professores.