Eventos com uso de sonorização em Ibotirama deverão ter alvará de autorização, comunica secretaria

Conforme o órgão, a medida começa a valer a partir do dia 1º de dezembro.

0
Foto: Reprodução
Publicidade

A partir do dia 1º de dezembro deste ano, está proibida a realização de eventos com o uso de sonorização em Ibotirama, na região Oeste, sem que haja um alvará de autorização.

O comunicado é da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, órgão que será responsável pela emissão do documento, em cumprimento a leis de poluição sonora, tanto federal quanto municipal.

De acordo com a secretaria, o prazo para análise e emissão do alvará será de cinco dias úteis. Os idealizadores devem ficar atentos à recomendação, pois o descumprimento dela implicará na aplicação de medidas legais.