Fazer enquetes ou sondagens, inclusive online, sobre eleições de 2018 pode dar multa de R$ 53 mil

Mesmo que de boa fé, quem descumprir a legislação, inclusive eleitores curiosos, estará sujeito a penalizações.

0
Foto: Alan Machado/GES

Talvez pouca gente saiba, mas a realização de enquetes e sondagens sobre as eleições 2018 é proibida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Mesmo que de boa fé, quem descumprir a legislação, inclusive eleitores curiosos, estará sujeito a penalizações.

De acordo com a Resolução TSE nº 23.549/2017, entende-se por enquete ou sondagem a pesquisa de opinião pública que não obedeça às disposições legais e às determinações previstas na norma específica, ou seja, não atendam a critérios formais e científicos.

Ainda de acordo com a resolução, caso seja comprovada a realização e divulgação de enquete no período da campanha eleitoral, o responsável poderá pagar multa que varia de  R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00.

Publicidade