Ibotirama: pacientes são encaminhados para atendimento médico pela prefeitura após não terem casos classificados como graves no HRI

Pelo menos duas situações foram registradas pelo Gazeta 5 nesta sexta-feira (11).

0
Paciente sendo encaminhado para atendimento médico. (Foto: Gazeta 5)

Por conta da greve dos médicos da unidade, pacientes que não foram atendidos no Hospital Regional de Ibotirama estão sendo encaminhados pela Secretaria de Saúde para consultas com médicos do município.

Hoje à tarde, o Gazeta 5 registrou o momento em que pelo menos duas pessoas foram transportadas por equipes da prefeitura após não terem os casos considerados como urgência ou emergência no HRI.

No primeiro deles, um homem se queixava de dor após ter sofrido uma entorse.  Em outra situação, um idoso chegou em uma ambulância do Muquém do São Francisco, cidade vizinha, reclamando de dores renais.

Nas duas ocorrências, os pacientes foram levados por uma equipe da SMS para atendimento com um médico do município.

Conforme informações obtidas pelo Gazeta 5, as equipes da prefeitura continuarão de prontidão, na porta do hospital, a fim de acolher e direcionar atendimentos para pessoas que não tiverem os casos classificados como graves.

Além disso, pelo menos uma Unidade de Saúde da Família deverá funcionar no sábado e no domingo. Nos locais, médicos contratados pela prefeitura trabalharão em regime de prontidão ao longo do dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here