Mais de 100 donos de terrenos baldios já foram notificados ou autuados pela VISA de Ibotirama no últimos meses

0
(Foto : Gazeta 5)
Publicidade

Se, por um lado, os donos de terrenos têm folgado com a limpeza das áreas em vários pontos da cidade, por outro, a prefeitura não se mostra inerte em relação ao problema.

Só nos últimos quatro meses, a Vigilância Sanitária e Ambiental de Ibotirama, órgão responsável pela fiscalização, notificou mais de 60 imóveis e lavrou mais de 40 atos de infração.

A VISA explica que, ao receber a denúncia ou identificar pontos críticos, o fiscal notifica o proprietário para a limpeza do imóvel no prazo de oito dias. Após isso, caso não cumpra a notificação, o órgão emite um auto de infração e inicia um processo administrativo sanitário.

Caso o dono do imóvel insista em não realizar a limpeza dentro do prazo legal, a Vigilância Sanitária procede com a aplicação de multa.

Ainda de acordo com a VISA, terrenos sujos permitem proliferação de vetores e animais peçonhentos. Além disso, as áreas abandonadas contribuem para a multiplicação do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Zica e Chikungunya.