Militantes começam a utilizar notas com carimbo “Lula Livre”; comerciantes recusam

A situação aconteceu ontem (01), em Curitiba. Juristas condenam.

0
Foto: Reprodução
Publicidade

Como estratégia para disseminar a opinião contrária à prisão do líder, militantes que participavam do ato em defesa do ex-presidente Lula, realizado ontem (01), em Curitiba, começaram a utilizar cédulas de Real carimbadas com a expressão “Lula Livre”.

A ação causou confusão no comércio central da capital paranaense, pois muitos comerciantes se recusaram a receber o dinheiro carimbado. Um grupo chegou a ficar retido no interior de uma padaria, até que a conta foi paga através de um cartão.

Apesar de recente, o carimbo “Lula Livre” já causa alvoroço entre a população e é alvo de críticas em alguns setores. Enquanto alguns Juristas condenam a atitude, o Banco Central ainda não emitiu nota específica sobre a situação.