Morre aos 78 anos, em São Paulo, o dono do bordão “Gil Gomes, aqui, agora!”

O jornalista e apresentador enfrentava um câncer no fígado e sofria de mal de Parkinson desde 2005.

0
O apresentador lutava contra um câncer. (Foto: Reprodução/SBT)

Dono do inesquecível bordão “Gil Gomes, aqui, agora!”, morreu na manhã desta terça-feira (16), em São Paulo,  o jornalista Gil Gomes, aos 78 anos.  O apresentador tinha  mal de Parkinson e lutava contra um câncer no fígado.

Gil Gomes estreou como radialista na década de 60 e, décadas depois, começou a trabalhar no SBT, onde se destacou com reportagens policiais. 

Um dos principais trabalhos do jornalista foi a cobertura após o “massacre do Carandirú”, em 1992. Ele mostrou vestígios do local e entrevistou detentos. Gil Gomes era casado com Eliana Izzo e deixa cinco filhos, Flávia, Nathalie, Daniel, Vilma e Guilherme.