“Não é necessário desespero”, afirma chefe do Cartório Eleitoral de Ibotirama

Ricardo Santana concedeu entrevista na manhã desta quinta-feira (25). Prazo vai até 2020.

0
Foto: Gazeta 5
Publicidade

O chefe do cartório da 173ª Zona Eleitoral, Ricardo Santana, falou em entrevista ao Gazeta 5 sobre o recadastramento biométrico para as cidades de Ibotirama, Paratinga e Morpará.

Conforme ele, devido à massificação da mídia nacional sobre o prazo final de 31 de janeiro para o recadastramento em algumas cidades, as pessoas têm, desnecessariamente, enfrentado grandes filas para realizar a ação.

Ricardo Santana afirma que o prazo para as cidades de Ibotirama, Paratinga e Morpará vai até 2020, e que, por isso, não é preciso dormir em filas, por exemplo, para retirar a senha. Veja a entrevista abaixo:


Gazeta 5: A grande mídia tem veiculado que o prazo final para o recadastramento biométrico vai até 31 de Janeiro. Esse prazo também é válido para a zona de Ibotirama?

Ricardo Santana: O nosso prazo para o recadastramento biométrico vai se estender até 2020.

Gazeta 5: Há pessoas chegando mais cedo e até dormindo na fila para realizar o cadastro. Há necessidade de fazer isso?

Ricardo Santana: No momento, Ibotirama, Paratinga e Morpará não estão na fase obrigatória. Nós ainda estamos na fase ordinária, por isso não tem necessidade.

Gazeta 5: A Zona 173ª abrange os municípios de Ibotirama, Paratinga e Morpará. Como é organizado o cronograma para atender as três cidades?  

Ricardo Santana: A distribuição das senhas é feita baseado em dias específicos para cada cidade. Paratinga, que é a maior, é na segunda e na quinta-feira, são oitenta senhas para revisão, junto com transferência e primeiro título. Ibotirama é na terça e na quinta, e Morpará na quarta-feira.

Gazeta 5: Já que o prazo não é para agora, o cartório ficará o ano todo fazendo o recadastramento ou tem um prazo específico?

Ricardo Santana: O prazo que nós temos este ano, até maio, vai para quem vai tirar o título pela primeira vez e pra quem vai fazer a transferência. Então, alistamento e transferência até 09 de maio, o único prazo que nós temos este ano.

Gazeta 5: Qual  conselho o senhor dar para as pessoas que estão vindo dormir nas filas por medo de perder o prazo?

Ricardo Santana: Não é preciso vir agora, nós já estamos com 50% do eleitorado cadastrado e precisamos apenas de 01 ano para terminar o restante. Não parem de vir, pra não deixar pra última hora, mas, de imediato, como a mídia está divulgando, o prazo é para cidades específicas.

Gazeta 5: Quem não fizer o recadastramento biométrico este ano vai votar na eleição para presidente e não vai perder nenhum benefício?

Ricardo Santana: Com certeza!