Polícia Federal realiza operação contra seita religiosa em municípios do Oeste

As cidades de Ibotirama, Luís Eduardo Magalhães, Wanderley e Barra são alvos da investigação.

0
Foto: João Daniel Alves/EPTV
Publicidade

Ibotirama aparece na lista das cidades da Bahia que estão sendo alvo de uma operação da Polícia Federal para combater uma seita religiosa investigada desde 2011.

Conforme informações do G1, a organização “ Traduzindo o verbo: a verdade que marca” é suspeita de manter pessoas em situação análoga à escravidão em Minas Gerais e na Bahia.

Em Poços de Caldas, cidade mineira, a Polícia Federal interditou na manhã de hoje (06) o restaurante “Poços Grill”. A gerente, que seria responsável pela seita na cidade, foi presa no local.

Já em Ibotirama, apesar da presença da Polícia Federal, ainda não há informações sobre interdições ou prisões. As cidades de Luís Eduardo Magalhães, Wanderley e Barra também aparecem são alvos da operação.