Prefeito de Bom Jesus da Lapa se defende de denúncias e diz que provará inocência

O prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro (PSD), se defendeu da denúncia de desvio de dinheiro público feita Ministério Público Federal (MPF) e revelada pelo Bahia Notícias na manhã desta sexta-feira (02).

Segundo o gestor, ainda não houve notificação dos autos do processo, e o MPF também não o chamou pra depor. Ele disse que as acusações de que teria tentado esconder o caso através de chantagens são “mágoas de uma oposição derrotada”.

Ainda sobre a denúncia, Eures afirmou respeitar o Ministério Público, mas que o órgão precisa investigar. Segundo o gestor,  seria impossível o desvio de R$ 12 milhões, já que as contas do município estão em dias.

Na manhã desta sexta-feira, o Bahia Notícias noticiou que o  Ministério Público Federal (MPF) pediu o afastamento e o bloqueio de bens dele e do prefeito de Serra do Ramalho, Ítalo Rodrigo (PSD).

Conforme o portal, os gestores são investigados por envolvimento em fraudes na contratação de alguns serviços públicos, o que geraria enriquecimento ilícito. A denúncia alegou que afastamento imediato é justificado pela tentativa dos políticos em atrapalhar as investigações.

  • Compartilhe:

O Gazeta 5 é um dos principais veículos de jornalismo digital da região Oeste. O site cobre os vários acontecimentos nas áreas de esporte, trânsito, segurança, política, concursos públicos e entretenimento.
Categorias
Fale conosco
Siga-nos