Prefeitura gasta R$ 180,09 ao ano na saúde de cada habitante em Ibotirama

O município de Ibotirama, na região Oeste, integra a lista dos cerca de 2.800 municípios brasileiros que gastaram menos de R$ 403,37 na saúde de cada habitante durante todo o ano de 2017.

Segundo a análise do Conselho Federal de Medicina (CFM) sobre as contas da saúde, esse foi o valor médio aplicado pelos gestores municipais com recursos próprios em Ações e Serviços Públicos de Saúde (ASPS), declaradas no Sistema de Informações sobre os Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), do Ministério da Saúde.

De acordo com o levantamento, que mostra o gasto per capita em ações e serviços públicos de saúde com recursos próprios dos municípios, a quantia aplicada em 2017 foi de R$ 180,09.

O valor é o menor registrado quando em comparação a alguns dos municípios vizinhos. Em Morpará, por exemplo, o valor aplicado foi de R$ 340,22. Já Muquém do São Francisco aplicou R$ 229,02. A lista segue com Paratinga, que investiu R$ 216,47, e Oliveira dos Brejinhos, que gastou R$ 191,12.

  • Compartilhe:

O Gazeta 5 é um dos principais veículos de jornalismo digital da região Oeste. O site cobre os vários acontecimentos nas áreas de esporte, trânsito, segurança, política, concursos públicos e entretenimento.
Categorias
Fale conosco
Siga-nos