Terence Lessa fala pela primeira vez à imprensa após paralisia facial

O chefe do Executivo de Ibotirama falou, entre outros temas, sobre sucessão municipal de 2020.

0
Terence Lessa, prefeito de Ibotirama, momentos antes da entrevista. (Foto: Reprodução/ Rádio Portal do Oeste FM)
Publicidade

Ainda se recuperando de uma paralisia facial que atingiu um dos lados do seu rosto, o prefeito de Ibotirama, Terence Lessa (PT), concedeu entrevista à rádio Portal do Oeste FM, no início da tarde desta quinta-feira (14).

Durante mais de uma hora de conversa, o gestor pela primeira vez  deu detalhes sobre a paralisia facial que sofreu no ano passado. Na ocasião, ele estava no escritório da sua casa, e descobriu o problema enquanto tomava água.

Terence também falou sobre desavenças políticas e se desculpou por situações ocorridas no passado. Citando nomes de outros políticos, o prefeito sugeriu que, em época de eleição, os discursos inflamados em palanques políticos podem gerar desconfortos posteriores.

Sobre sucessão municipal, em 2020, o chefe do Executivo foi categórico ao afirmar que não depende tão somente da vontade dele, mas, sim, do grupo. Questionado, ele não descartou, inclusive, a possibilidade  de diálogos antes não realizados.

Após afirmar que havia vereadores, secretários e outros ente políticos preparados para ocupar a sua cadeira na prefeitura ao término do mandato, ele citou nomes como o do seu vice, Nonô Mariano, do diretor médico do município, Dr. Laércio, e do empresário Edilson Leite.