Veja as propostas dos candidatos a prefeito de Ibotirama para os professores do município

0
Foto: Gazeta 5

O Gazeta 5 buscou as propostas dos candidatos a prefeito de Ibotirama direcionadas aos professores do município. O levantamento foi feito com base nos planos de governo registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A busca se limitou ao campo de propostas da “Educação”, no entanto priorizou aquelas que beneficiassem diretamente os professores, seja como docente ou profissional da educação.

A qualificação profissional, os cuidados com a saúde mental e o investimento nos professores da zona rural são alguns dos pontos em comum entre os candidatos.

Dr. Laércio (PSB)

  • Integrar conteúdos digitais e ferramentas para facilitar o compartilhamento entre os diversos atores da educação (pais, alunos e professores) e possibilitar que matrícula e acompanhamento dos pais sejam realizados por meio de plataformas digitais. Disponibilizar conteúdos digitais e online através de nuvem, além de dispositivos e conexão wi-fi para alunos e professores e comunicação virtual entre a escola e os pais. 
  • Realizar parcerias com as demais esferas de governo para ofertar mais e melhores formações aos trabalhadores da educação municipal, com foco numa melhor qualidade do ensino.
  • Valorizar os profissionais que trabalham nas escolas do campo, estimulado sua permanência na Educação do Campo;
  • Ampliação do Projeto Cuidar e ofertar assistência e apoio à saúde mental e emocional dos professores e estudantes da rede.
  • Reestruturação da sede da Secretaria Municipal de Educação em parceria com o BNDS oferecendo melhores condições de trabalho aos profissionais, com formação, espaço físico, equipamentos e transportes, dando assim mais e melhores condições às escolas.
  • Promover cursos de capacitação e atualização continuados a servidores públicos dos setores administrativos das escolas e secretaria.

Paulo Mariano (PP)

  • Revisão da Reformulação do Plano de Carreira dos profissionais da educação:
  • Assegurar através de projeto de Lei da Câmara de Vereadores, toda e qualquer vantagem do profissional de educação que tenha sido retirada do seu contracheque e que estejam amparadas na legislação;
  • Garantir o cumprimento do Plano de Carreira dos Profissionais em Educação e do Estatuto do Magistério Público Municipal;

Regência de Classe

Interstício para entrega de certificação dos cursos de aperfeiçoamento

Percentual do teto de aperfeiçoamento

Tempo de disponibilidade para formação em Mestrado

Redução da carga hora/aula, do Ensino Fundamental II

Incorporação do quinquênio no Salário-Base, etc.

  • Ampliar através da revisão do Plano de Cargos e Salários dos Profissionais da Educação, a função de Inspetor Escolar, bem como o de Coordenador Pedagógico em quantitativo suficiente definido pela Secretaria de Educação para atender as Unidades de Ensino;
  • Realizar estudo e viabilidade de inclusão no Plano de Carreira dos Profissionais de Educação, a aquisição de Psicólogos e Assistentes Sociais na Educação Básica do Município, inclusive se necessário, passar pelo crivo do Legislativo Municipal;
  • Capacitar as Equipes de trabalho: ofertar qualificação para professores, serventes, merendeiras e demais servidoras da Educação, ofertando cursos de formação, com foco na valorização profissional, humanização e qualidade do ensino nas escolas municipais;
  • Tecnologia na escola: buscar parcerias para ofertar computador como suporte ao professor no horário de AC (Atividade Complementar), inclusive nas escolas da zona rural com acesso à internet;
  • Realização de Curso de Formação Continuada para professores em suas respectivas áreas;

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here